Terça-feira, 4 de Março de 2008

O processo de Jesus



Os quatro evangelistas coincidem em afirmar que, depois de interrogado pelas autoridades judaicas, Jesus foi entregue a Pilatos (Mt 27,1-2; Mc 15,1; Lc 23,1; Jo 18,28). É S. João quem descreve com mais pormenor o processo de Jesus perante Pilatos. Conjugando todos os elementos presentes nos evangelistas, pode-se reconstituir os diversos passos do processo de Jesus no tribunal romano:


  1. A acusação - Cristo é acusado de sublevar o país, impedir o pagamento de tributo a César e apresentar-se como o Messias-Rei (Lc 23,2);
  2. A confissão do acusado - Jesus não desmente a acusação e ainda se afirma como Rei (Lc 23,3);
  3. Primeiro interrogatório ao acusado - Pilatos interroga Jesus em privado, para averiguar que espécie de realeza reivindica. João regista um longo diálogo (Jo 18,33-38) em que se apresenta a inconsistência da acusação sob o ponto de vista político;
  4. A declaração da inocência de Jesus - Pilatos sai novamente e responde aos acusadores que não encontra nada de culpável (Lc 23,4; Jo 18,38);
  5. A insistência na acusação - A acusação dá importância ao território que está sob a jurisdição de Pilatos, a Judeia, onde o Prefeito deveria manter a ordem e a soberania do imperador;
  6. As sucessivas transigências de Pilatos perante a pressão dos acusadores - Pilatos estava ciente da inocência de Jesus e usa vários expedientes para não se comprometer nem enfrentar a aparente maioria que gritava diante dele: ao descobrir que Jesus era galileu, decide mandá-lo ao tetrarca Antipas para ser ele a ditar a sentença final (e Jesus "vai de Herodes para Pilatos", ficando o provérbio que indica um voltar ao mesmo sem achar saída); depois, aproveita o costume de conceder na Páscoa a amnistia a um preso, propondo Jesus como alternativa a Barrabás; um outro recurso que evitava a morte era um castigo e depois a libertação (Lc 23,16; em Marcos e Mateus o relato do suplício é simplificado e aparece como sendo a preparação da crucifixão). Prestes a render-se aos judeus, Pilatos apercebeu-se de que estava diante de um ser superior (Jo 19,7) e amedrontado retira-se com Jesus para o interior para um novo interrogatório, quando lhe chega um ultimato: "Se libertas este homem, não és amigo de César! Todo aquele que se faz rei declara-se contra César" (Jo 19,12).
  7. Pilatos lavra a sentença - Não havendo possibilidade de diálogo com os inimigos de Jesus, Pilatos cala a voz da consciência e mandando "vir água (...) lavou as mãos na presença da multidão" (Mt 27,24).

(Adaptado de um artigo de Geraldo Morujão, In Revista Bíblica Jan/Fev 2008)
publicado por ssacramento às 19:45
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO