Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Apagar a lâmpada

O poeta Tagore questionava num poema:


Qual o motivo de se ter apagado a minha lâmpada?
- Puseste-a debaixo do manto para a proteger do vento...

Qual o motivo de ter murchado a minha flor?
- Apertaste-a contra o coração para a conservar só para ti...

Qual o motivo de ter secado o meu rio?
- Cortaste-o com um dique para seres o único a servir-te dele...

Qual o motivo de se ter quebrado a minha harpa?
- Tentaste desferir uma nota superior ao seu poder de vibração...


O nosso egoísmo apaga as nossas lâmpadas, apaga a nossa luz, impede a nossa missão iluminadora do mundo que nos rodeia. Qualquer pequeno manto de cobardia, de medo, vergonha, negligência, abafa o nosso testemunho.

Se apertarmos as nossas capacidades no interior de nós mesmos e não as disponibilizarmos aos outros, fechamos demasiado o nosso jardim e a nossa generosidade murcha.

O egoísmo cria vidas áridas, insensíveis, inúteis. Seca a corrente da solidariedade, da partilha, do serviço aos outros.

Há tentações de vaidade que nos fazem julgar superiores aos outros, criticar e desvalorizar o que fazem os outros. Esta presunção, esta ânsia de superioridade, faz desafinar a nossa harpa e destoar o cântico da vida.


(SALGUEIRINHO, Mário - Rezar com a Vida.Porto: Telos, 2000)
publicado por ssacramento às 09:05
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Hugo Jorge a 2 de Abril de 2008 às 10:09
Gostei deste post. Convido-o/a a fazer uma visita ao meu blog

Comentar post

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO