Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Um ano a caminhar com São Paulo: "Quando sou fraco, então é que sou forte"

Na 2ª Carta de São Paulo aos Coríntios (12,1-10), Paulo escreve sobre as suas visões e revelações do Senhor, que teriam ocorrido no ano 42 (14 anos antes). Porém, apresenta o acontecimento de forma a distanciar-se do mesmo. Por isso se exprime na 3ª pessoa, como se se tratasse de um outro.

 

O Apóstolo preocupa-se em mostrar como esse acontecimento foi misterioso e gratuito, porque só Deus sabe se foi no corpo ou fora dele, quer dizer, se foi ou não um verdadeiro êxtase, já que experimentou uma felicidade extrema, só alcançável no paraíso ou terceiro Céu. Ele nada viu, mas apenas ouviu palavras e estas eram de conteúdo inexprimível. Porém, por ser algo que não é constitutivo da sua condição apostólica, nem se dever a méritos próprios, Paulo distancia-se, pretendendo com isso referir que os cristãos não devem privilegiar tais experiências na sua vida comunitária (1Cor14) e acabem por cair no mesmo erro de que acusa os adversários: o de gloriar-se segundo a carne e destruir a comunhão comunitária. Não foi esse o caminho seguido e proposto por Paulo.

 

Assim, Paulo, contrariamente aos seus rivais, gloria-se antes das suas fraquezas e expõe mesmo uma delas: um espinho na carne. Trata-se provavelmente de uma doença física crónica, dolorosa e humilhante. Mas foi também um dom de Deus, confirmado pela insistente oração dirigida a Cristo.

 

A aceitação da graça divina, pelo amor que transmite, é sempre dinâmica e construtiva e pode fortalecer-nos tanto mais, quanto maior é a nossa fragilidade. Não foi esse o grande mistério da cruz? Não foi aí, na extrema fraqueza, que a força de Deus mais se manifestou? É esta graça, recebida de Cristo morto e ressuscitado, que Paulo experimentou mais intensamente, quando se sente fraco.

 

 

(OLIVEIRA, Anacleto - Um ano a caminhar com S. Paulo. Palheira: Gráfica de Coimbra,2008)

publicado por ssacramento às 21:08
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO