Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008

Viver ou deixar arrastar-se

Para viver é necessário coragem; para deixar-se viver basta não morrer. No mundo há dois tipos de pessoas: as que se deixam arrastar e as que vivem.

 

O mundo das pessoas que se deixam arrastar é o mundo dos se, dos mas, dos talvez. São pessoas que, quando se trata de fazer qualquer coisa, se afastam, se põem à defesa, vão em retirada: Se meu pai não fosse assim... Se os estudos não me empenhassem tanto... Se alguém me compreendesse...

 

Querem mudar o mundo, mas inventam obstáculos e o mundo fica na mesma. Os seus projectos não passam de sonhos. Não tomam a sua vida na mão, têm medo de falhar. É esta a alienação: deixar que os outros, as circunstâncias, a opinião pública, as dificuldades, a preguiça controlem a sua vida.

 

É necessário coragem para crer que a minha vida tem sentido. Sim, a vida que tenho nas mãos e não aquela que sonho. Coragem para me aceitar como sou, com todas as limitações que se podem encontrar na minha condição, para poder valorizar todas as qualidades que tenho e o bem que sinto: aqui está o ponto de partida para quem quer viver e não deixar-se arrastar, à espera de morrer.

 

É preciso ter os pés na terra, transformando a partir da realidade. Acreditar que a vida tem sentido e que a minha vida também tem sentido, contribuindo com ela para o bem e para a alegria de todos.

 

 

(BARBOSA, Adérito Gomes - Profetas de Deus - Reflexões. Prior Velho: Paulinas, 2006)

publicado por ssacramento às 10:30
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO