Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

A Mensagem das Parábolas

As parábolas constituem, sem dúvida, o centro da pregação de Jesus. Independentemente da diversificação das civilizações, aquelas não cessam de impressionar-nos pelo seu vigor e humanidade. Nas parábolas, devido inclusivamente à sua particularidade linguística, na qual transparece o texto aramaico, sente-se de forma imediata a proximidade a Jesus, ao modo como Ele viveu e ensinou. Mas, acontece connosco o mesmo que  se verificava com os contemporâneos de Jesus e com os seus discípulos: temos de perguntar-Lhe sempre de novo o que é que nos quer dizer com cada uma delas ( Mc 4,10 ).

 

Na parábola do semeador é surpreendente a importância que a imagem da semente assume no conjunto da mensagem de Jesus. O tempo de Jesus, o tempo dos discípulos, é o tempo da sementeira e da semente. O «reino de Deus» está presente como uma semente. Esta, vista de fora, é uma coisa pequena; pode passar despercebida. O grão de mostarda - imagem do reino de Deus - é a mais pequena de todas as sementes, e no entanto contém em si mesma uma árvore inteira.

 

A semente é presença do futuro. Na semente, já está escondido o que há-de vir. É promessa já presente no dia de hoje. Pois bem, o Senhor resumiu as várias parábolas da semente no Domingo de Ramos, revelando o seu pleno significado:  « Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto» (Jo 12,24 ). Ele mesmo é o grão. «Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim» (Jo 12,32 ). Nas parábolas, Jesus não é apenas o semeador que espalha a semente da palavra de Deus, mas também a semente que cai na terra para morrer e assim produzir fruto.

 

 

(Ratzinger, Joseph - Jesus de Nazaré. Lisboa: A Esfera dos Livros, 2007; Imagem disponível em http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/71/Wheat_field.jpg)

publicado por ssacramento às 14:36
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO