Domingo, 3 de Maio de 2009

Festa das Cruzes

Decorreu hoje em Barcelos a Procissão das Cruzes. Uma especificidade deste cortejo encontra-se na presença das cruzes paroquiais do concelho de Barcelos, que  é o maior do país com as suas 89 freguesias.

 

Como nasceu esta devoção? O desdobrável entregue na procissão explica o seu aparecimento: "Decorria o ano de 1504, sob o reinado de D. Manuel I, numa sexta-feira, dia 20 de Dezembro, por volta das 9 horas da manhã, quando o sapateiro João Pires, regressando da missa da Ermida do Salvador, ao passar no Campo da Feira, observara na terra uma Cruz de cor preta. Como não quis guardar só para si aquilo que considerou ser um sinal sagrado, alertou o povo que depressa veio ao local.

 

A cruz apareceu sob a forma de uma cruz perfeita em que a cor não ficava só à superfície mas penetrava em profundidade na terra; por mais que se cavasse, sempre se achava. Este facto, recordando a Cruz do Senhor Jesus, fez nascer a devoção do Senhor da Cruz. Surgiu ali um cruzeiro, logo uma ermida, e dois séculos mais tarde a igreja que hoje existe."

 

Terminamos com uma oração que aparece no Hino do Senhor da Cruz:

 

"Meu terno Senhor Jesus da Cruz

Cheio de sofrimento, dor suprema:

Aqui Te deixo o afecto deste povo

Tudo o que tem, num texto sem algema.

 

Quero amar-Te, Senhor, a vida inteira

Na manhã de cetim ou de nobreza,

Na escuridão brumosa, sem caminho,

Na maré do dilema ou da certeza."

publicado por ssacramento às 23:37
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO