Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

A fé do cego revela-se na sua atitude: dá o salto...

No Evangelho de Domingo passado, vemos Jesus a exercer o seu sacerdócio. Jesus está a caminho. Segue-o grande multidão. Há um grito. Há uma vibração do meio do barulho da multidão. A multidão cala os gritos, sente-se incomodada pelos gritos inconvenientes. Mas Jesus está atento aos que do meio da multidão vibram com a sua passagem. Hoje também há quem pretenda calar os gritos de socorro com arrevesadas teorias. Atenção! Os métodos são subtis. Ai dos cristãos quando, na sua participação política e económica, esquecem os problemas profundos e se ficam pela rama superficial de questões secundárias relativas a direitos individuais em detrimento da luta por direitos sociais!

 

Jesus comove-se. Pára. Chama. É benevolente e dialoga. Mostra a sua atenção de pastor, a sua qualidade de escuta dos apelos, para fazer também ele apelos à multidão, para que não abafe os gritos dos necessitados.

 

É a pedagogia de Jesus em acção. Razão tem o cego para  lhe chamar Mestre, depois de, na aflição do pedido de ajuda, lhe ter chamado Filho de David, com referência ao Antigo Testamento. Mas perante a novidade do seu comportamento, da sua atenção, chama-lhe Mestre. Tem razão. A fé do cego revela-se nos seus actos, nas suas atitudes: deixa a capa, dá o salto, vai ter com Jesus.

 

Jesus não é um mestre paternalista, não recorre a métodos assistencialistas. Requer que cada pessoa tome a iniciativa e faça o seu caminho pessoal. Jesus quer de tal modo deixar a iniciativa, a demonstração da sua real verdade, sem complexos de perguntar ao cego o que ele quer. Era evidente! Jesus quer ouvir a voz dos pobres. Importava tomar consciência de que Deus nos liberta, nos consola, nos faz abrir os olhos para ver os outros com novos olhos, nos abre a mente. Há um caminho a fazer para a liberdade, mas a fazer com consciência, não por mero impulso repentino sem consequências.

 

Vai – a tua fé te salvou! É assim Jesus. Não quer pasmados à sua beira. Não lhe abriu os olhos para ele ficar a olhar para Ele, mas para o salvo também ver agora as necessidades dos outros e fazer-se discípulo, seguir o seu caminho. O caminho da fé vem da consciência, apesar dos obstáculos.

 

(Homilia de D. Carlos Azevedo nos 150 anos dos Vicentinos em Portugal)

publicado por ssacramento às 23:21
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO