Terça-feira, 19 de Junho de 2012

Morte e Vida: Perspetiva de Marcos - III

Alguém poderia pensar que a proposta de Jesus, que acabamos de lembrar brevemente, leva ao fracasso total da cruz. O cristianismo é a religião do sofrimento e da penitência, uma religião triste e uma triste religião?

 

Estas e muitas outras perguntas poderiam sugerir que Jesus veio apresentar-nos apenas um cristianismo de morte e de sofrimento. Em breves palavras, poderemos dizer que o caminho do serviço, pelo sofrimento, e da morte são apenas um caminho e não a chegada; um meio e não uma finalidade do seu projeto. Por isso, o que Jesus propõe é a vida e não a morte, a felicidade e não o sofrimento. No fundo, Jesus apresentaum novo Êxodo, uma nova libertação, a volta ao paraíso na terra...

 

Pois o que Marcos diz de Jesus é simplesmente isto! E isto significa uma vida nova, uma ressurreição para a humanidade no seu todo e nos indivíduos. O problema não está em Jesus nem no seu Evangelho, mas em nós, que nos negamos a aceitar o seu plano de serviço, teimando em matar-nos a nós proprios e aos outros com a violência dos nossos egoísmos ferozes.

 

Portanto, com o plano de Jesus, não haveria crises - nem de poder,nem de ter, nem de ser; com os nossos planos humanos haverá cada vez mais crises, pois estas nascem como cogumelos dos egoísmos humanos. 

Que caminho queremos seguir? Jesus deixa-nos a liberdade de escolha.

 

Artigo de Herculano Alves in Revista Bíblica - maio/junho 2012

 

 

 

publicado por ssacramento às 17:26
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO