Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

A estrela de Belém era uma estrela nova?

O Evangelho relata-nos que, há quase 2.000 anos, surgiram em Jerusalém uns magos, portadores de ouro, incenso e mirra, vindos do Oriente, seguindo uma estrela, que os veio guiando até ali, onde desaparecera.

Quando os magos se apresentaram diante do velho déspota Herodes, este ficou enormemente perturbado, tendo reunido os sábios da corte e os recém-chegados para averiguar mais sobre aquela estrela e o tempo da sua aparição. Desde então, muitos astrónomos, eruditos, exegetas e cientistas, prosseguiram com as investigações iniciadas por Herodes, sendo propostas diversas teorias e opiniões que, até hoje, não conseguiram esclarecer o mistério.

Uma primeira hipótese que parece impor-se com naturalidade é que seria uma estrela nova. Certas estrelas, em determinados momentos da sua vida e durante alguns meses, adquirem uma tal intensidade que chegam a multiplicar 100.000 vezes a sua própria luz, parecendo o nascimento de uma nova estrela e daí o seu nome.

Já Hiparco de Rodes conta ter detectado uma estrela nova cerca de 134 a.C. e tal era o seu brilho que podia ver-se à luz do dia. Mas foi em 1572 que uns navegantes espanhóis avistaram uma estrela nova, que durante um mês brilhou tanto como Vénus até se extinguir. Com estes dados, no século XVIII, Goodrich formulou uma teoria, deduzindo que essa estrela se deixava ver cada trezentos anos e que seria essa estrela que surpreenderia os magos. Esta hipótese explicaria como eles podiam viajar durante o dia guiados pela estrela e o seu desaparecimento após alguns meses, o tempo suficiente para os conduzir desde o Oriente.

(artigo de Ariel Álvarez Valdés, in Revista Bíblica, Novembro-Dezembro 2007)
publicado por ssacramento às 10:11
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO