Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

Deus é criador da luz

Contra todas as tentativas dos povos pagãos de divinizar o Sol e a Lua que dão a luz aos homens, o povo da Bíblia sempre os considerou como simples criaturas saídas das mãos de Deus. A Bíblia também não admite a dicotomia da mitologia pagã da luz, quer dizer, não considera que a luz e as trevas sejam duas divindades inimigas. A luz e as trevas são simples obras da criação de Deus (Gn 1,3-5; Sl 74,16; Job 26,10; Is 45,7). Mas, sendo a luz a coisa mais importante para o homem, Deus criou-a em primeiro lugar, mesmo antes dos astros luminosos. É a luz que destrói as trevas (Gn 1,2-4).

A luz é a primeira obra criada, certamente porque é a coisa mais divina que existe, um atributo de Deus, uma espécie de emanação do próprio Deus, que é fonte de toda a luz (Sl 104,2). A luz é aquilo a que muitas vezes se chama a Glória de Deus.

Quando não houver a luz natural deste mundo, continuará a brilhar, para os eleitos, a luz incriada de Deus: "A cidade (a nova Jerusalém) não necessita de Sol nem de Lua para a iluminar, porque é iluminada pela glória de Deus e a sua luz é o Cordeiro" (Ap 21,23).

O tema da luz é tão importante na Bíblia, que ela abre com o tema da luz e fecha, no Apocalipse, com a perspectiva duma nova luz. A luz torna-se, portanto, o símbolo mais belo e mais fácil para o homem falar de Deus e dizer as Suas maravilhas.

Segundo a linguagem da Bíblia em geral e do Antigo Testamento em particular, as manifestações de Deus aos homens (epifanias) realizam-se por meio do fogo e da luz. As mais antigas revelações de Deus aos Patriarcas são apresentadas com imagens tiradas da luz: a visão (Gn 15,1); o arco-íris (Gn 9,14); o céu estrelado (Gn 11,5); o fogo que queima e consome (Gn 15,17; Ex 24,17).

Uma nuvem luminosa guiava a marcha do povo de Israel através do deserto (Ex 14,20) e no alto do Sinai, a Lei foi promulgada no meio de sinais conotados com a luz ou com o céu, lugar de habitação de Deus (Ex 19,16-18).

São inumeráveis as metáforas acerca de Deus que utilizam os termos da luz para falar da beleza e da grandeza de Deus:
  • "Ele está envolvido em luz como num manto" (Sl 104,2);
  • "O Seu esplendor é como a luz do dia, das Suas mãos brotam raios" (Hab 3,4);
  • "O Senhor reina, vestido de esplendor" (Sl 93,1);
  • "O Senhor é minha luz e salvação. De quem terei medo?" (Sl 27,1).
(artigo de Herculano Alves, Revista Bíblica, nº 229)
publicado por ssacramento às 13:45
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO