Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

As tentações de Jesus

Desde os primeiros séculos, os cristãos determinaram um tempo de penitência antes da Páscoa. Os 40 dias da Quaresma estão ligados às três tentações de Jesus, pois os Evangelhos referem que, antes de ser tentado, Jesus foi para o deserto onde jejuou 40 dias, pretendendo significar que Jesus é o novo Moisés, que vem para fundar um novo povo (a relação entre Moisés e Jesus é vísivel nos 40 dias no Sinai e nos 40 anos de viagem no deserto, o alimento milagroso do maná, o jejum e a palavra de Deus).

Só Mateus e Lucas narram as tentações concretas; Marcos apenas diz que Jesus foi tentado e João não fala nestas tentações. O texto de Mateus situa-se depois do Baptismo, com que Jesus inaugura a sua vida pública e é um modo de dizer quem é Jesus (o Filho de Deus feito verdadeiro homem). Não é, pois, uma tentação como as nossas. Mateus narra-as em três cenas e uma conclusão: uma tem lugar no deserto e as outras duas em lugares altos.

Em 11 versículos, o Adversário de Jesus é citado seis vezes com o nome de Diabo, Tentador e Satanás. Quem é ele? É um personagem que caracteriza as forças do Mal, neste caso, tudo o que se opõe ao projecto messiânico de Jesus, que veio salvar a humanidade decaída, não com as honrarias que o Adversário lhe promete, mas dando a vida por todos. Jesus, Filho de Deus, defrontou e venceu o seu Adversário.

Em cada um de nós travam-se também batalhas semelhantes, entre o projecto que Deus tem para nós e os projectos pessoais e egoístas que nós arranjamos. A qual dos dois projectos queremos obedecer?

(Revista Bíblica, Janeiro/Fevereiro 2008)


Pode obter mais informações sobre As Tentações de Jesus aqui. Consulte também a Nota Pastoral do Bispo D. António Sousa Braga, sobre a Quarentena Penitencial
.

publicado por ssacramento às 09:59
link do post | comentar | favorito
|

.Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Visite Pão e Vida

Visite Casa-Acolhimento Santa Marta

.Fuego Santo

.subscrever feeds

.pesquisar

 

.Visite

.posts recentes

. Maria...

. Mãe admirável

. Apóstolos S. Pedro e S. ...

. A boca do justo proclama ...

. Um "novo humanismo"

. Isabel e Maria

. Solenidade de S. João Bat...

. Eu vos dou graças, Senhor...

. Não perca hoje na nossa p...

. Os pais de Maria

. Não podemos aceitar que o...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

. Jesus fala aos meninos da...

. A Igreja Católica e o Ano...

. Educação Moral e Religios...

. Morte e Vida: Perspetiva ...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Counters
Free Counter
blogs SAPO