Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

A imagem de Nossa Senhora da Vandoma da Sé do Porto

11.10.08 | ssacramento

Comemora-se hoje a Festa de Nossa Senhora de Vandoma, padroeira principal da cidade do Porto. Principal, porque desde as origens da nossa nacionalidade, vários padroeiros foram eleitos por esta cidade secular, nascida no Morro da Sé, por volta do séc. VIII a.C.

 

Temos, pois, de nos socorrer da História da Cidade do Porto, uma história longínqua no tempo que nos transporta para o ano de 999, quando uma armada tomou de assalto o burgo do Porto. Essa armada, chefiada por D. Moninho Viegas, D. Sesnando, seu irmão, e por Nónego. Sabe-se que Nónego foi Bispo do Porto nos anos de 1008 até 1015 e também bispo de Vandoma (França), desistindo deste bispado para chefiar a armada que expulsou os mouros da cidade do Porto. D. Sesnando sucedeu a Nónego e era natural desta cidade, sendo mais tarde martirizado pelos mouros.

 

Assim, a cidade do Porto estava destruída e ao reedificarem-na, numa das portas da cidade colocaram uma imagem que trouxeram de França. Essa imagem era a de Nossa Senhora de Vandoma. E não se ficaram por aqui. Foram mais longe e adoptaram como armas da  cidade a referida imagem  e a do seu " únigénito, reclinado no seu peito, colocada entre duas torres com uma letra, que diz: Civitas Virginis, Cidade da Virgem".

 

Inicialmente, o Morro da Sé tinha quatro portas ou entradas: Porta de Sant' Ana, a Porta das Mentiras, mais tarde das Verdades, a da padroeira Nossa Senhora de Vandoma e a de S. Sebastião. Quando o Bispo D. Hugo chegou ao burgo encontrou uma ermida a servir de Sé. que seria muito favorecida quer por D. Teresa, viúva do Conde D.Henrique, que terá lançado a primeira pedra, quer por D.Mafalda, esposa de D.Afonso Henriques. De ermida depressa  passou a catedral e, desde o séc. XII até à actualidade, sofreu  várias remodelações, deixadas pelos vários bispados.

 

A actual imagem de Nossa Senhora da Vandoma (do séc. XIV) é muito venerada, tendo saído do Arco de Vandoma, quando este foi destruído em1855, para a capela de S. Vicente, tendo estado aqui até ao ano de 1954. Foi D. António Ferreira Gomes, Bispo do Porto, que decidiu novamente pela sua exposição ao culto,  no transepto da Sé, onde se encontra actualmente.

 

 

Bibliografia consultada:

COSTA, Agostinho RE - Descrição Topográfica  e Histórica da Cidade do Porto. Lisboa: Frenesi 2001;

COUTO, Júlio - O Porto em 7 dias. Porto: Campo das Letras, 1998;

PERES, Damião (dir) - História da Cidade do Porto - Porto: Portucalense Editora;

RAMOS, Luís A. de Oliveira - História do Porto. Porto:Porto Editora, 1995

 

(Imagem disponível em http://www.portoturismo.pt/fotos/294.jpg)