Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Junto de Maria a vida muda

10.05.10 | ssacramento

"Fátima continua a ser, desde 1917, lugar de milagres. Se nem sempre são corporais, físicos, são espirituais. Quanto milagre da graça em tantos corações! Quantas conversões «inesperadas»! Quantas vidas mudadas rumo à santidade! Quantas famílias regressam a casa mais unidas! Quantas vocações sacerdotais e religiosas nasceram junto da Mãe, ajudadas pelo seu exemplo e ajuda! Milagres da graça e do amor, muitas vezes bem escondidos no coração de muitos num momento de oração, num olhar a imagem da Senhora... Quantas vidas se mudaram, quase sem esforço, mergulhadas na oração da multidão e na contemplação de milhares de velas acesas ou na visão maravilhosa de milhares de lenços brancos a acenar e a saudar a Virgem!"


Mais uma vez Fátima vai viver um momento maravilhoso, divino: aquele em que o sucessor de Pedro vai ajoelhar junto de Maria nossa Mãe!

 

 

(Revista Mensageiro do coração de Jesus - Maio 2010)

O amor é o distintivo do cristão

09.05.10 | ssacramento

Conta-se que, um dia, um homem se terá apresentado na escola de Shamai, e fez ao mestre um estranho pedido: «quero que, enquanto eu me mantiver apenas com um pé no chão, tu me expliques toda a Lei». Diz-se que Shamai se limitou a pegar na sua vara de mestre e a correr o homem pela porta fora, pois era óbvio que o homem fazia um pedido impossível de cumprir, tal era a vastidão da Lei. Mas o homem não desanimou e dirigiu-se à escola de Hillel, a quem formulou o mesmo pedido. E Hillel terá respondido de pronto: «Nada mais fácil: “Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti!”».


Já S. Agostinho dizia: «O amor é a única coisa que distingue os filhos de Deus dos filhos do diabo». Jesus afirmou: «Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros» (Jo 13, 35). O amor é o distintivo do cristão. Não é um emblema para trazer ao peito, mas sim uma realidade para ser vivida na prática quotidiana dos nossos relacionamentos uns com os outros. O amor que tudo suporta e tudo perdoa, que tem olhos, coração e mãos abertas para o próximo, que é missionário, evangelizador, testemunho convincente da fé que se professa.

 

(Mesa de Palavras - D. António Couto; Revista Mensageiro do coração de Jesus - Maio 2010)

Jovens, com Cristo tudo é possível

08.05.10 | ssacramento

Bento XVI encontrou-se com os jovens na praça de S.Carlos em Turim. O Papa falou-lhes da felicidade, da plenitude de vida que se realiza somente nas escolhas radicais e definitivas,vividas com fidelidade. Numa sociedade onde tudo muda velozmente, o pontíficie convidou os jovens a abraçarem o amor do Senhor, a respirarem a verdadeira liberdade. Mas meditemos neste pensamento de sua santidade:


"Hoje vivemos num contexto cultural que não favorece relações humanas profundas e desinteressadas, mas, pelo contrário, induz a fechar-se em si mesmo, ao individualismo, a deixar prevalecer o egoísmo que existe no homem. Mas o coração de um jovem é, por sua natureza, sensível ao amor verdadeiro. Por isso, me dirijo com grande confiança a cada um de vocês e lhes digo: não é fácil fazer da nossa vida algo de belo e de grande, é duro, mas com Cristo tudo é possível!"

 

(Canal Informativo do Vaticano; Imagem disponível no Correio da Manhã de 08/05)

Síntese teológica de Fátima - a Eucaristia

04.05.10 | ssacramento

A primeira visita do Papa Bento XVI, como sucessor de Pedro a Portugal, conduz o nosso pensamento para o Santuário de Fátima sem necessidade de nenhum "atalho". Este blogue vai apresentar, em pequenos posts, durante este mês de Maio consagrado a MARIA e no âmbito da Missão 2010 por D. Manuel Clemente bispo do Porto, uma breve síntese teológica de Fátima, da autoria do padre Dário Pedroso. Convém salientar que Dário Pedroso tem sido presença assídua na já longa e tradicional devoção das Quarenta Horas de Adoração a Jesus Sacramentado que se vem realizando nesta paróquia há já seis anos.


Diz-nos Dário Pedroso: "As mensagens do Anjo, em 1916, e as da Virgem Maria, em 1917, são uma síntese da nossa fé, uma síntese daquilo que o Evangelho e a Tradição da Igreja nos ensinam. Apareceu um anjo por três vezes, em 1916. Isto parece indicar-nos que os Anjos existem e são mensageiros celestes. Duma das vezes, o Anjo vem com a Eucaristia e centra a oração dos pastorinhos, e a nossa, naquilo que o Concílio Vaticano II chama o «cume» da fé e da vida da Igreja, o mistério da Eucaristia. É curioso, e não deixa de ser pedagógico, que a Eucaristia tenha aparecido em Fátima primeiro que  Nossa Senhora e que a oração do rosário. De facto, Ela é o centro, a fonte, o memorial da Ceia."


Sendo a Eucaristia a "fonte de onde brota a água viva"saibamos nós cristãos não só saciar-nos  desta água mas também dá-la a beber...

Parece um fogo...

03.05.10 | ssacramento

Fátima é dom para Portugal e para o mundo. Pio XI chamou-lhe o «altar do mundo». Cada ano, milhões de peregrinos, vindos de muitos países, rezam em Fátima. Multidões carentes de graças, de fé, de amor. Multidões sedentas de oração, de silêncio, de recolhimento. Multidões em clamor de fé e de esperança, pedindo graças e curas. Fátima é contínuo dom de Deus que, através da Senhora da Mensagem e do Anjo da Loca do Cabeço, chega ao coração e à vida da Igreja e de milhões de cristãos espalhados pelo mundo. Parece um fogo sempre a incendiar mais longe e com mais intensidade. Se Fátima é altar do mundo, ela está no coração da Igreja, com a vinda de três Papas à Cova da Iria, para rezarem como peregrinos, para pedirem dons e graças para a Igreja e para o mundo, para fazerem eco das mensagens e apelos de conversão. Por isso, em Fátima pulsa sempre o coração do Papa com suas intenções, com a vida e os problemas da Igreja, com as grandes necessidades e crimes do mundo. E agora que o Francisco e a Jacinta foram beatificados, sendo «candeias» que iluminam o mundo e o coração dos cristãos, Fátima e a sua doutrina, sua vida e sua mensagem, são ainda mais apelo, mais convite ao bem e ao amor, à santidade e à radicalidade de vida cristã.

 

 

(Revista Mensageiro do coração de Jesus - Maio 2010; Imagem disponível em http://www.santuario-fatima.pt/portal/thumb4.php?file=20081002170220_D0013740.JPG&w=550&h=367)

Dia da Mãe

02.05.10 | ssacramento

 

 

 

 

 

Mãe, pensando em ti

é mais fácil descobrir que Deus é amor,

ternura, paz, paciência, perdão.

 

Parabéns, Mãe!

 

 

 

 

 

(Folha Pão e Vida, nº 553)

O tempo da Páscoa

01.05.10 | ssacramento

Na natureza, a Primavera triunfa sobre o Inverno. A liturgia está cheia de cânticos maravilhosos. A profusão de cânticos pascais de aleluia fazem o coração bater mais forte. O tempo da Páscoa tem o seu próprio ritmo. Restam quarenta dias até à Ascensão de Jesus ao Céu. Quarenta é o número da transformação. Durante quarenta dias, o mistério da ressurreição deve transformar-nos e encorajar-nos sempre mais, para que nós próprios possamos levantar-nos para a vida. Ao quadragésimo dia, Jesus sobe ao Céu, para que não o sigamos mais exteriormente, mas passemos a recebê-lo no nosso coração como o grande mestre interior.

 

(GRÜN, Anselm - Ao ritmo do tempo dos monges. Prior Velho: Paulinas,2006)

Pág. 2/2