Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Festa do Sol

 

 

 O Patronato de Santa Teresinha nasceu há 70 anos! É com muito entusiasmo que as crianças e a equipa de educadores do Antigo Patronato de Santa Teresinha do Menino Jesus (atual Jardim de Infância e Centro de Atividades de Tempos Livres do Centro Social Paroquial do Santíssimo Sacramento) estão a organizar um conjunto de ações que de forma integrada, pretendem ajudar a contemplar e agradecer a obra feita. Assim, como datas centrais das comemorações dos 70 anos, fazem parte do programa:

  • 29 de junho - Festa do Sol - de e para as crianças e famílias do presente ano letivo.
  • 1 de outubro - Dia de Santa Teresinha do Menino Jesus - com celebração eucarística e convívio de atuais e antigos alunos e colaboradores.

Trata-se, por isso, de uma boa oportunidade, não só para (re)visitar um espaço que muito cresceu, mas também para recordar todos aqueles que, numa atitude de respeito e coragem, se comprometeram com o anúncio de que outro mundo é possivel.

 

 Folha Pão e Vida - 26 de junho 2011

O povo do Porto e o seu feriado

Em tempos muito antigos a Festa de S. João no Porto, era de origem pagã, relacionada com o solstício de verão. Um exemplo disso são as famosas fogueiras de S. João. Foi no entanto um eremita do séc. IX, nascido na cidade do Porto, e que viveu na região de Tuy, de seu nome S. João do Porto que esteve nas origens desta festa. Textos publicados pela revista municipal "Porto de Encontro" dizem-nos que a cabeça de S. João do Porto foi trazida pela esposa de D. Afonso Henriques, a rainha D. Mafalda, para a igreja de S. Salvador da Gandra, e parte dessa relíquia para a capela da "Santa Cabeça" na igreja da Sra. da Consolação da cidade do Porto.

 Segundo a mesma publicação o culto terá sido absorvido pelo de S. João Batista pois a sua festa celebrava-se a 24 de junho, dia do nascimento de S. João Batista. Esta data era muito importante para cidade do Porto, pois em tempos medievais neste dia tomavam-se importantes decisões administrativas. 

 No entanto foi só no séc. XX, mais precisamente em janeiro de 1911, nos primórdios da Républica, que este dia se tornou feriado municipal. Numa tentativa de implementar uma nova ordem nacional o governo da Républica decretou que as câmaras proporiam um feriado municipal. E foi assim que a Comissão Administrativa do Município do Porto reuniu e logo surgiu o dia 24 de junho para feriado municipal. No entanto outras opções foram adiantadas.

Para solucionar o problema uma vez mais a cidade do Porto se mostrou inédita. Foi deliberado fazer-se uma consulta ao povo do Porto. As pessoas teriam de dar a sua preferência através de bilhete postal ou de um envelope dirigido para a redação do Jornal de Notícias. Sem margem para duvidas o dia de S. João ganhou com larga vantagem sobre o outro dia proposto o de 1 de maio.

 

 

O Agrupamento 449 nas Festas de S. João do Porto

Todos os anos, por altura das Festas de São João, no largo do fontanário à beira-rio, junto ao Cais das Pedras e perto do início da Rua da Restauração, a Junta de Freguesia de Massarelos costuma montar um palco e um conjunto de 6 "barracas" patrocinadas pela UNICER, que depois são exploradas por grupos ou entidades com sede na mesma freguesia.


Este ano o Agrupamento 449 do Santíssimo Sacramento é um destes grupos!


O Agrupamento terá à sua responsabilidade a exploração de uma "barraca", desde o dia 17 de Junho (6ª-feira) até ao dia 26 de Junho (Domingo), devendo manter um horário mínimo de laboração entre as 21h e as 01h nestes dias, com excepção da noite de São João, que perdurará até bem mais tarde.

Dia do Corpo de Deus

Uma vez que, no próximo dia 23 de Junho se celebra o dia do Corpo de Deus - patrono desta paróquia, haverá uma Missa Solene, às 12h, seguida de uma procissão no interior da igreja.
 
A Confraria do Santíssimo Sacramento convida todos os grupos, movimentos e organizações da paróquia a participar de uma forma especial nesta eucaristia, da seguinte forma:
  • levem algo que represente o vosso grupo, movimento ou organização para o ofertório;
  • escrevam uma pequena frase que possa ser lida na altura da entrega do símbolo;
  • incentivem os membros do vosso grupo, movimento ou organização a participar nesta missa.

"Enraizados e Edificados em Cristo, firmes na fé"

É já em Agosto próximo que os jovens de todo o mundo vão "invadir"  a cidade de Madrid. São as Jornadas Mundiais da Juventude. Estas foram implementadas por João Paulo II em 1985. Aderir a estas JMJ "é fazer uma caminhada, é tornar-se peregrino, é pôr-se a caminho.. com muitos outros irmãos... na mesma direcção e rumo ao mesmo destino: Jesus Cristo."

 

Bento XVI convoca os jovens para um "encontro pessoal com Cristo" em Madrid, sob o tema "Enraizados e Edificados em Cristo, firmes na fé". Para o saudoso Papa João Paulo II "a finalidade principal das JMJ é colocar Jesus Cristo no centro da fé e da vida de cada jovem, para que seja o ponto de referência constante".

 

Resta esperar que os jovens saibam tirar partido desta "caminhada rumo a Cristo", de forma a armazenar "energias"  e "comportamentos cristãos " para poderem no seu dia-a-dia lutar, por uma sociedade mais digna e justa.

 

Adaptado de Revista Audácia - Junho 2011 

 

 

O velhinho e o jovem

"Conta-se que havia um pequenito que queria encontrar-se com Deus, mas sabia que tinha um longo caminho pela frente. Um dia, encheu a sua mochila com pastéis e sumos e saiu para brincar no parque. Pouco depois, no parque, encontrou um velhinho sentado num banco, a olhar para os pássaros. O menino sentou-se ao lado dele, abriu a mochila e ia para beber um pouco de sumo quando olhou para o velhinho e viu que ele estava com fome. Então ofereceu-lhe um pastel.

O velhinho, muito agradecido, aceitou e sorriu para o menino. O seu sorriso era tão maravilhoso que o menino quis vê-lo de novo, e ofereceu-lhe o sumo. O velhinho sorriu outra vez para o menino e este sentiu-se muito, muito feliz. Ficaram ali sentados a sorrir, a comer pastéis e a beber sumo, durante o resto da tarde, sem falarem um para o outro.

Quando começou a escurecer, o menino estava cansado e resolveu voltar para casa. Mas, antes de se retirar, virou-se para o velhinho e deu-lhe um grande abraço. Como resposta, o velhinho dirigiu-lhe um sorriso tão belo, tão belo como o menino nunca vira.

Quando o menino entrou em casa, a mãe, surpreendida ao ver a felicidade estampada no rosto do filho, perguntou-lhe:

  - O que é que tu fizeste hoje, filho, que te deixou assim tão feliz?

Ele respondeu:

  - Passei a tarde com Deus. A mãe sabe?...Ele sorri de uma maneira tão bela como eu nunca vi.

Entretanto, o velhinho chegou a casa com o mais radiante sorriso no rosto e o filho perguntou-lhe:

  - Por onde andou hoje o pai, que está tão feliz?

E o velhinho respondeu-lhe:

  - Olha, filho: hoje, no parque, comi pastéis e bebi sumos, com Deus. Sabes que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?"

Esta história retirada da Revista Rosário de Maria é bem elucidativa de que se quisermos Deus está sempre presente. Basta para isso que tenhamos sempre um gesto, uma palavra amiga para com as pessoas que se relacionam connosco.

 

Revista Rosário de Maria - Junho 2011

 

Uma presença misteriosa e invisível, mas real

 

 

 

O Evangelho de S. Mateus começa com o anúncio do nascimento de Jesus. - o prometido Emanuel - «Deus connosco» - e termina com a solene declaração de Jesus aos seus discípulos:«Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos.»

Por isso a Ascensão, que hoje celebramos, não é a evocação de uma partida e de uma ausência, mas proclamação de uma nova forma de estar presente: uma presença misteriosa e invisível, mas real.

 

Folha Pão e Vida - Junho 2011

 

 

 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D