Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

A casa que nasce do Evangelho...

É corrente dizer-se por tudo e por nada que os dias, as semanas, os meses e até os anos passam depressa! A culpa aqui não morre solteira. Tem nome. Existe um responsável. É o tempo! E toda esta conversa relacionada com o tempo, para quê?

 

Simplesmente para lembrar que a Casa-Acolhimento Santa Marta vai celebrar o seu 1º Aniversário de inauguração no dia 24 de julho. A imagem é ainda muito nitida! O dia nasceu quente. O Sol também quis estar presente neste dia tão especial! Logo a seguir à Eucaristia celebrada por D. Manuel Clemente, bispo do Porto, procedeu-se à inauguração da "Casa que nasce do Evangelho".

 

Foi um momento "intimo" da comunidade paroquial do Santissimo Sacramento. Dez anos se tinham passado desde o compromisso assumido no "Lava-Pés" da Ceia do Senhor, no ano Jubilar 2000, sob o ministério do seu pároco Padre José Pereira Soares Jorge. Passaram de certo na memória do Senhor Padre Jorge, naquele instante, todas as dificuldades inerentes a tão grandioso projeto, o de dignificar o ser humano. As objetivas das máquinas fotográficas "deliciaram-se"perante aquele momento solene.

 

A comunidade rejubilou e "invadiu" literalmente a Casa Santa Marta. O calor do exterior contrastou com a frescura do interior. Respirava-se "energia." Era já a energia da Santa Marta a fazer-se sentir! De repente todas as divisões se encheram de pessoas que não se cansavam de admirar a obra dos homens, mas... inspirada em Deus. Assim como o Homem  evoluiu ao longo do tempo, também a Casa Santa Marta irá sendo "construida" de forma a "acolher a todos, quaisquer que sejam, no amplo e terno regaço de mãe". O tempo esse foi de festa. Um Porto de Honra!

 

 

60º aniversário de ordenação sacerdotal


 O Sr. Padre Jorge celebra, no próximo dia 29 de julho, o seu 60º aniversário de ordenação sacerdotal. Como tal, serão realizadas as seguintes iniciativas para as quais estão desde já convidados:

  • "24 de julho pelas 12h" - "Missa dominical" participada pela paróquia de Arada, freguesia natal do nosso pároco.
  • "28 de julho pelas 21h30"- "Oração de Taizé"vivida em forma de Vigília de Oração e Ação de Graças pelo dom do sacerdócio ministerial.
  • "29 de julho das 7 ás 8h"- "Rogai" cadeia de oração diocesana a favor das vocações sacerdotais.
  • "29 de julho pelas 12h" - "Eucaristia Solene de Ação de Graças" presidida pelo bispo do Porto, D. Manuel Clemente.

Aparticipação de TODOS será uma forma de homenagear o Sr. Padre Jorge que há tantos anos se dedica à nossa paróquia.

 

A boa semente

 

 

Como bom pedagogo, Jesus usava, na sua pregação, uma linguagem que todos entendiam e recorria a imagens conhecidas de toda a gente. Ele - Palavra do Pai - é o grande semeador. A semente é a Palavra. O terreno somos nós, os ouvintes. Haverá colheita, se deixarmos penetrar em nós a mensagem e se nos tornarmos, nós próprios, anunciadores e divulgadores da Boa Nova.

 

Pequeno excerto da Revista Mensageiro do coração de Jesus - julho 2011; Imagem disponível em: http://casasantamarta.blogs.sapo.pt/

 

"Repouso Cristão"

O tão desejado fim de semana chegou. Depois de uma semana de trabalho intenso é bom podermos repousar não só fisica mas também mentalmente. Mas este repouso merecido não pode ser um repouso passivo, demasiado relaxado, isto é, o deixar correr o tempo! Tem de ser ativo! Precisa de ser acima de tudo um "repouso cristão". Mas que é isso de "repouso cristão"?

 

É muito simples. Pense num momento propício, num sitio onde impere o silêncio. Pegue na sua Bíblia. A Folha Pão e Vida indica-lhe quais as leituras do Dia do Senhor. O Evangelho desta semana remete-nos para a parábola do semeador.

 

Bento XVI diz-nos que "o tempo de Jesus, o tempo dos discípulos, é o tempo da sementeira e da semente". Passados 2000 anos este é também o nosso tempo. Precisamos de "semear" mais tolerância, mais amor e compreensão pelo próximo. Precisamos de deixar o "animal" que há em nós para dar lugar ao ser humano que existe no interior de cada um. Só assim a semente pequenina dará lugar a uma árvore frondosa. Só assim o tempo, e sempre o tempo, que hoje se vive de incerteza a vários níveis, dará lugar a um tempo de esperança e amor pelo próximo. Basta seguirmos o Mestre! Ah! Bom fim de semana!

 

(J. S.)

 

 

Escolha polémica? Talvez não...

 

 

Sendo Mateus o Evangelista do Ano Pastoral em curso, vamos debruçar-nos um pouco sobre este Apóstolo. Sabemos que a sua escolha para integrar o grupo de Jesus foi polémica! E porquê? A explicação é dada por Bento XVI:

"Jesus acolhe no grupo dos seus íntimos um homem que segundo as conceções em vigor na Israel daquele tempo, era considerado um público pecador. De facto, Mateus não só administrava dinheiro considerado impuro devido à sua proveniência de pessoas estranhas ao povo de Deus, mas colaborava também com uma autoridade estrangeira odiosamente ávida, cujos tributos podiam ser determinados de modo arbitrário."

No entanto "Jesus não exclui ninguém da própria amizade. Ao contrário, precisamente porque se encontra à mesa em casa de Mateus-Levi, em resposta a quem falava de escândalo pelo facto de ele frequentar companhias pouco recomendáveis, pronuncia a importante declaração: «Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os enfermos. Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.» (Mc 2,17)"

 

Bento XVI- Os Doze Apóstolos e os primeiros discípulos de Jesus.Lisboa:PAULUS Editora,2008;

Imagem disponível em:http://pt.wikipedia.org/wiki/Evangelho_segundo_Mateus

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D