Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Descoberta arqueológica

25.09.09 | ssacramento

Uma nova descoberta em Jerusalém está a permitir a construção de uma imagem mais clara do local onde, supostamente, Jesus terá concedido a visão a um homem cego de nascença. Arqueólogos desenterraram, em Jerusalém, uma área pavimentada e um canal de água no mesmo sitío onde se encontra a piscina que, para alguns cristãos, foi onde Jesus restabeleceu a visão de um cego.

 

A descoberta vai permitir aos especialistas construir uma imagem mais clara de como poderá ter sido a Piscina de Siloé na época de Jesus. Para além disso, vai ajudar a fundamentar o facto de que era usada para rituais de imersão e não apenas um tanque, como muitos pensavam. Durante a escavação foram encontradas moedas antigas, de meados do século anterior ao do nascimento de Jesus, que terão sido usadas na construção da piscina.

 

De acordo com o relato evangélico, Jesus cobriu os olhos do cego com barro, ordenando-lhe que se lavasse na piscina. E, segundo o Evangelho de João, «o cego foi, lavou-se e voltou a ver». A piscina também é citada por fontes judaicas como um lugar onde a água é considerada ritualmente pura para ser usada em cerimónias. O local em causa fica perto da Cidade Velha de Jerusalém num território ocupado por Israel durante a guerra de 1967.

 

(Revista Bíblica - Jul / Ago 2009)