Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Blogue da Paróquia do Santíssimo Sacramento

Os barcos

"Era uma vez um homem que habitava à beira do rio. Uma manhã, depois de uma noite de chuva intensa, verificou que as águas do rio tinham subido e chegavam à porta da sua casa. A rádio assustou-o um pouco: "Todos os que habitam junto ao rio devem deixar as suas casas; as águas estão a subir."
O homem era muito religioso e tinha uma grande confiança em Deus. Ajoelhou-se e começou a rezar:
- Senhor, salva-me!
Naquele momento, ouviu uma voz que vinha do alto. Era a voz do Senhor:
- Não tenhas medo! Eu cuidarei de ti!
Cheio de alegria, levantou-se e continuou a trabalhar como se nada acontecesse. A meio da manhã as águas do rio chegavam-lhe aos ombros e teve de se refugiar no andar superior. Passou um barco de bombeiros. Um deles, ao vê-lo, gritou:
- Venha depressa connosco! É perigoso ficar aí!
O homem, apontando para o céu, respondeu:
- Não! Tenho um seguro superior!
A meio da tarde, a água já tinha subido tanto que ele teve de se refugiar no sótão. Passou um barco da Protecção Civil e uma voz gritou:
- Desça depressa! A água vai subir ainda mais!
O homem recusou teimosamente, dizendo:
- Eu tenho um protector!
Ao fim da tarde, a água subiu ainda mais e o homem teve de se refugiar no telhado. Passou um barco da Cruz Vermelha, que procurava os últimos a salvar. Em vão tentaram levá-lo. Ele  agarrou-se à chaminé dizendo:
- Não preciso. Tenho quem me salva!
A água continuou a subir e o homem acabou por morrer afogado. Ao chegar ao Paraíso, apresentou-se diante de Deus e protestou:
- Disseste que pensavas em mim e deixaste que eu morresse!
Deus fixou-o com um olhar cheio de bondade, dizendo:
- Eu pensei em ti! Mandei-te três barcos! Tu é que os recusaste!"

Deus age por meio das pessoas que fazem o bem e ajudam os irmãos. Deus está no meio de nós e precisa de cada um para manifestar o seu amor às pessoas. Confiamos verdadeiramente no amor imenso de Deus?

(FERREIRA, Pedrosa - Educar contando. Porto: Edições Salesianas, s/d)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D